.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. DEFEITOS DO TUBO NEURAL (...

.arquivos

. Junho 2012

. Janeiro 2012

. Junho 2011

. Maio 2011

. Março 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sábado, 24 de Novembro de 2007

DEFEITOS DO TUBO NEURAL (DTN)

 
Durante o desenvolvimento embrionário, o precursor que dá origem ao sistema nervoso central (SNC) passa por diversos estágios: inicialmente é apenas uma placa que se vai diferenciando e adquirindo a forma de sulco, depois goteira neural e, por fim, fecha completamente dando origem ao tubo neural.
 
Um defeito no fechamento deste tubo durante a neurulação origina diferentes malformações congénitas, em que os, geralmente, os defeitos esqueléticos (crânio ou coluna vertebral) ocorrem juntamente com as malformações do cérebro e da medula espinhal.
O incompleto fechamento do tubo neural dá origem a defeitos do tubo neural (DTN): 
- quando é a região anterior do tubo neural que não fecha completamente:
            - anencefalia – condição letal definida pela ausência de encéfalo, crânio, meninges, músculos e pele
            - encefalocele – defeitos na formação óssea da calote craniana de forma a que ocorrem hérnias (exteriorizações) de meninges, da medula ou partes do cérebro

 
- quando o fechamento incompleto ocorre na região posterior do tubo neural:
            - espinha bífida – a medula espinhal fica exposta e provoca defeitos na coluna vertebral, músculos e pele envolventes; geralmente surgem associadas graves lesões neurológicas; pode ocorrer uma paralisia da parte inferior do corpo ou perda de controlo das funções intestinais e da bexiga e, por isso, incontinências urinárias e fecais
 

 

Está provado que a ingestão de ácido fólico por parte das gestantes no período pré-natal (3 meses antes da concepção) diminui significativamente o risco da ocorrência deste tipo de DTN no feto.

O rastreio pré-natal (RPN) deve ser sempre efectuado pelas gestantes no 1.º e no 2.º trimestres. Em caso de suspeita, deve proceder-se então ao diagnóstico pré-natal que pode ser efectuado de várias formas: análise das células maternas (excesso de alfafetoproteína pode ser indicador de DTN), ultrassonografia/ecografia, amniocentese.       

publicado por Dreamfinder às 12:04

link do post | comentar | favorito

.links